segunda-feira, maio 07, 2007

Confissões de um ex-drogado

E assim foi...

Deixei a droga...

Começou a bater mal. Atrofios físicos, tremeliques, ataques de ansiedade, paranóias. Chega!!

Um gá fuma ganza pa sentir-se bem, pa curtir. Quando assim deixa de ser, já na vale a pena!

Depois de quase 8 anos de haxixe e erva, chegou ao fim uma etapa. Uma etapa nova que exige mais concentração e, principalmente, bem-estar.

E repito: nada teria mudado se o meu corpo não tivesse começado a rejeitar esta substância.

Foi bom enquanto durou!

P.S: Tenho uma nova(velha) droga: o belo alcoól!!! Nunca bate mal, embora suas ressacas sejam de impor respeito. A todos os drogados, ex-drogados, e não-drogados, um bem haja!

8 comentários:

Zuki disse...

Acho q vou acreditar :)
Mas são certamente consequências de a erva ser ai como quem bebe uma cerveja aqui...
Agora vendo prós e contras de um e de outro...
É evidente qual faz pior.

Mas tb digo bastante convicto um canhanito de erva com os amigos não faz mal a ninguem, claro está q o excesso...

stoutless disse...

quando deixar de ter barrigadas de riso com os manos, e ver k ja nao dá graça nenhuma, tambem deixo... e dou razao ao zuk, se aki se vendesse ao balcao como minis, tb eu andava enjoado :P

Desidério Lázaro disse...

lolol

Mas mem tendo deixado passar tempo, voltei a experimentar e voltei a n curtir...axo k 'e mesmo o fim

Steve disse...

bem parece que é mesmo a sério... se estavas a ir por esse caminho fizeste a escolha acertada....

tou contigo....

Nazka disse...

kero o exclusivo pa publicar um livro. vende bem.

Desidério Lázaro disse...

e digo mais...

LEGALIZEM A ERVA, cacete!

Nazka disse...

a de ontem à noite tava boa!
ao som de reggae é do melhor!!!

Desidério Lázaro disse...

oh yeah